22 de outubro de 2017  

Coptrix

 

COP-8 não passou de um castelo de cartas marcadas

A 8ª COP (Conferência das Partes da Convenção da Diversidade Biológica) termina como começou: negociações travadas por questões econômicas, decisões ameaçadas pelo lobby dos transgênicos e o governo brasileiro pintando pequenos avanços como grandes conquistas.

|04/04/2006 15:16

Representantes da sociedade civil expõem frustração com a COP-8

Enquanto aguardavam o início da plenária final da 8a Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica, que se encerrou na sexta-feira, 31 de março, participantes foram convidados a fazer uma breve avaliação do evento, apresentado como o mais importante realizado no país desde a Rio-92. As opiniões, em sua maioria feitas em tom de desabafo, apontam que, com exceção da moratória às tecnologias Terminator, não houve avanço sobre os principais temas discutidos. Leia a seguir alguns trechos dos depoimentos.

|03/04/2006 14:26

“É preciso quebrar o espelho da COPTRIX”

A frase de Fernanda Kaingang resume o estado de espírito dos indígenas que participaram dos debates sobre tecnociência e conhecimentos tradicionais, no segundo dia da COPTRIX, em Curitiba (PR), revelando o jogo de cena e a exclusão a que estão sujeitos na dinâmica da COP8.

|31/03/2006 12:47

Comissário da União Européia reafirma impasse na negociação do Regime Internacional de Acesso e Repartição de Benefícios

Stavros Dimas manteve a ambigüidade característica da UE nas discussões da CDB. Ele afirmou que o documento sobre o Regime produzido entre janeiro e fevereiro deste ano, em Granada, não pode ser adotado por representar não um, mas vários textos diferentes.

|30/03/2006 15:08

“Enquanto as crianças brincam no parquinho da CDB...”

COPTRIX discute dependência de países, comunidades, agricultores e consumidores gerada por corporações de biotecnologia, além da influência dos tratados comerciais sobre a Convenção da Diversidade Biológica (CDB)

|29/03/2006 11:10

Syngenta está entre vencedores do Prêmio Capitão Gancho à Biopirataria 2006

Realizado desde a 6a Conferências das Partes (COP-6), em 2002, por uma coalizão formada por dez organizações de diferentes partes do mundo para denunciar o fracasso da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) em criar e adotar mecanismos para brecar a biopirataria, o Prêmio Capitão Gancho costuma dar um tom divertido ao dia-a-dia normalmente sisudo das COPs da CDB.
Por Cristiane Fontes.

|28/03/2006 17:03

Novas instâncias para (in)decisão: ABS e a retórica da contradição

Leal às suas práticas, a COP institui grupos informais e grupos de especialistas na tentativa de avançar nas negociações relativas aos temas do Regime Internacional de Acesso e Repartição de Benefícios. Embora tais grupos suscitem a idéia de progresso, o andamento das negociações pouco avançou nas questões de conteúdo.

|28/03/2006 16:19

Iniciativa Andino-amazônica e ISA lançam estudo sobre patentes na COP-8

Evento paralelo discute avanços na luta contra a biopirataria na América do Sul e aponta estratégias e mecanismos efetivos de combate à apropriação ilegal de conhecimentos tradicionais e recursos genéticos.

|28/03/2006 00:19

Sementes “suicidas” continuam sob moratória da CDB

Decisão só saiu por pressão do movimento social ligado à luta pela reforma agrária e representa uma vitória sobre o lobby do agronegócio. Apesar disso, a atuação discreta da delegação do Brasil nas discussões sobre o tema voltou a ser criticada por várias organizações da sociedade civil.

|27/03/2006 11:39

“Essas sementes foram feitas para nos escravizar”

Em entrevista concedida ao ISA, o líder indígena colombiano Lorenzo Muellas Hurtado fala sobre tecnologias genéticas de restrição de uso, os chamados GURTS, a Convenção da Diversidade Biológica e sobre o regime de acesso aos recursos genéticos, que está sendo negociado na COP-8, em Curitiba, e pretende estabelecer regras internacionais para regular as relações entre os países provedores e os usuários dos recursos genéticos.

|24/03/2006 14:54

Próxima